Peixe Ornamental


Fuelleborni

Posted in Ciclideo Africano,F,Fuelleborni,Ph Alcalino por dumdummusica em 4 de Abril de 2009


Nome Popular: Fuelleborni
Nome Científico: Labeotropheus fuelleborni
Família: Ciclídeos
Habitat: África ( Lago Malawi )
pH: 7.5 a 8.5
Temperatura: 22º a 26ºC
Dureza: 10º a 20º gH
Tamanho Máximo: 15cm
Sociabilidade: Casal
Agressividade: Agressivo
Manutenção: Média
Zona do Aquário: —
Aquário Mínimo: 120L
Alimentação: Flocos, Sticks, spirulina, larvas de mosquito,artêmias
Características Encontrado em águas rasas , entre 3 e 5 metros de profundidade , em zonas pedregosas, livres de sedimentos , onde as algas apresentam maior crescimento.
A forma deste peixe é a chave de sua sobrevivência em zonas tão turbulentas. Parecido com Labeotropheus trewavasae, ambos podem agarrar-se às algas de uma maneira bastante diferente do resto dos Mbunas. Isto se deve à adaptação de sua boca ao meio ambiente. A terminação de sua mandíbula posterior(“nariz”) é muito larga e termina em curva, repousando sobre a mandíbula inferior. Além disso, seus primeiros três ou mais dentes são tricúspides(possuem três pontas), o que lhe dá mais capacidade de agarrar-se. Desta forma, esses peixes podem agarrar-se às algas e permanecer quase paralelos às pedras.
Diferente do resto dos Mbunas, inclusive dos L. trewavasae, seu corpo é mais corpulento na altura, muito mais comprimido lateralmente e com nadadeiras muito grandes que servem como timão. Encontram-se distribuídos ao largo de todo o Lago Malawi, existindo uma grande quantidade de variedades , cada uma com um padrão de cores diferente. Podem-se encontrar machos completamente azuis, com faixas de azul mais intenso ou sem elas. As nadadeiras podem variar desde azul ou negro até amarelo e diferentes tons de laranja. Em algumas variedades também existem zonas do corpo como o abdomen que podem ter tons amarelos ou laranjas. As fêmeas podem ser azuis, cinzas ou marrons.
Por outro lado, temos as formas “O” (orange), “OB” (orange blotched) e “BB” (blue blotched).Ciclídeo muito territorialista.Sua agressividade se acentua durante as disputas territoriais . Como com todos os polígamos agressivos, devem ser mantidas várias fêmeas por macho.
Reprodução: O macho escolhe um território, geralmente uma cova sobre o substrato ou sobre uma pedra lisa. Espanta qualquer exemplar que se aproxime, exceto fêmeas de sua espécie. Se estas não entram em seu território por sí mesmas, o macho escolherá uma e tentará cortejá-la com intensos tremores mostrando o seu melhor colorido e todas suas nadadeiras abertas. Se esta o rechaça, buscará outra e insistirá até que uma fêmea o siga até a cova. A reprodução é a típica dos Mbunas, com a clássica posição em “T” na qual o macho induz a fêmea a depositar alguns ovos no fundo com sua boca no abdomen e logo invertendo posição para o macho fertilizar os ovos enquanto a fêmea os introduz na boca.
Os alevinos são mantidos na boca da mãe durante três semanas.Depois de liberados a fêmea os segue por uma semana introduzindo-os na boca quando houver algum perigo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: