Peixe Ornamental


Alguns cuidados importantes para a manutenção da qualidade da água

Posted in Aquário,Barbo Cereja,Molinésia,Molinésia Negra por dumdummusica em 27 de Maio de 2011


Evitar excesso de alimento

O excesso de alimento é uma das principais causas relacionadas a problemas de alteração da qualidade da água. A quantidade de ração a ser fornecida varia com o tamanho e quantidade de peixes e deve sempre obedecer a seguinte regra: A cada vez que os peixes forem alimentados, fornecer uma quantidade que seja totalmente consumida em, no máximo, 5 minutos. Em caso de viagem não deve-se fornecer uma quantidade maior de alimento, com o intuito de sobrar para outros dias. Esta prática é totalmente desaconselhada, pois apenas algumas horas após o fornecimento, os peixes não mais aceitarão aquela ração, que irá sobrar e causar os vários problemas já citados. Para o período de ausência deve-se utilizar os alimentadores alcon HOLIDAY (10 a 15 dias) e alcon WEEKEND (3 dias). As pastilhas destes alimentadores liberam ração lentamente, a medida que se dissolvem. Além de alimento granulado, os alimentadores contém sulfato de cálcio, que ajudana estabilização da água, principalmente no que diz respeito a níveis de pH. 

 

Evitar super povoamento
A população de peixes deve seguir a proporção aproximada de 1 litro de água para cada centímetro de peixe. Desta forma serão evitados os problemas já descritos de excesso de matéria orgânica e consequentes taxas elevadas de amônia e nitrito.

Não mexer excessivamente no aquário

 

Mesmo sabendo da necessidade de, vez por outra, ter que mexer no aquário para realizar tarefas como limpeza interna dos vidros, sifonagem de fundo e manutenção de plantas, deve-se sempre evitar mexer desnecessariamente ou muito frequentemente no aquário. Desta forma evita-se, além do estresse dos peixes, alteração no funcionamento do filtro biológico e consequentes problemas com a qualidade da água.

Realizar sifonagens de fundo e trocas parciais de água
Como o filtro de placas ou biológico utiliza o próprio substrato de fundo como elemento filtrante, sua manutenção consiste na sifonagem de fundo, realizada com sifão simples de tubo e mangueira. O objetivo é retirar o excesso de matéria orgânica acumulada entre o substrato. A frequência desta sifonagem e consequente troca parcial de água depende das condições particulares de cada aquário, mas podemos citar o intervalo de duas semanas como recomendação geral. Cerca de 20 % da água do aquário deve ser trocada a cada sifonagem, adotando-se com a água a ser adicionada os cuidados relacionados ao cloro presente na água da torneira. Deve-se também respeitar os valores de temperatura e pH da água restante no aquário. É muito importante não esquecer da aplicação de Labcon Protect a cada troca parcial de água.
Para os outros tipos de filtro é necessária a limpeza e/ou troca dos elementos filtrantes na frequência recomendada pelos fabricantes ou conforme as condições de cada aquário.

Não usar peças decorativas que possam alterar a qualidade da água
Durante a montagem e decoração de aquários de água doce, deve-se resistir à beleza de muitas peças decorativas, como pedras tipo cristal e conchas ou corais marinhos. Apesar de enfeitarem o aquário, podem alterar muito a qualidade da água, principalmente o pH. Caso se queira, de todo modo, usar este tipo de material na decoração, deve-se testar sua capacidade em alterar o pH da água antes de introduzi-los definitivamente no aquário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: